jueves, julio 25, 2024

Populares da semana

Relacionados

Calendário dos Santos – Fevereiro

1. Santa Viridiana, penitente (†1242). Viveu trinta e quatro anos encerrada numa cela sofrendo constantes ataques do demônio. Foi cumulada de grandes favores celestiais. Recebeu a visita de São Francisco por volta do ano de 1221.

Beato Reginaldo de Orleans, presbítero (†1220). Passando por Roma e animado pela pregação de São Domingos, fez-se dominicano.

2. Apresentação do Senhor.

Beato Luís Brisson, presbítero (†1908). Sacerdote da diocese de Troyes, fundou as congregações das Irmãs Oblatas e dos Oblatos de São Francisco de Sales.

Mártires de Ebbekestorp, (†880). Combatendo sob o estandarte da Cruz, morreram mártires contra os infiéis dinamarqueses e normandos que devastavam a Saxônia. Entre esses mártires, são contados quatro bispos: Teodorico, bispo de Minden; Marquard, bispo de Hildesheim; Erluph, bispo de Verden e Gosbert, bispo de Osnabuck.

3. Santa Ana, profetisa (s. I). Filha de Fanuel, da tribo de Aser. No dia da apresentação de Jesus no templo, profetizou que uma espada de dor transpassaria a alma de Maria Santíssima.

São Brás, bispo e mártir (†c. 320).

Beato Stefano Bellesini, sacerdote (†1840). Nasceu em Trento, no ano de 1774. Ingressou nos eremitas de Santo Agostinho em Bolonha. Após uma vida de muitos sofrimentos, passou a viver no convento da cidade de Genazzano.

Beata Maria Helena Stollenwerk,  virgem (†1900). Junto com Santo Arnaldo Janssen, fundou a Congregação das Servas Missionárias do Espírito Santo, na Holanda.

4. São João de Brito, mártir (†1693). Educado entre os pajens do infante de Portugal, após ser curado milagrosamente de uma doença, resolveu fazer-se jesuíta e seguir os passos de São Francisco Xavier. Partiu para a Índia com mais dezessete missionários e lá encontrou a palma do martírio.

5. Santa Águeda, virgem e mártir (†c. 251).

São Felipe de Jesus, mártir (†1597). Mexicano, no início muito inconstante na vida religiosa, acabou alcançando heroicamente o martírio em Nagasaki, Japão, junto com outros Santos desta nação.

6. V Domingo do Tempo Comum

São Paulo Miki e companheiros,  mártires (†1597).

7. Santa Coleta, religiosa (†c. 1447). Reformadora franciscana, trabalhou fervorosamente, junto com São Vicente Ferrer, a fim de extinguir o cisma do Ocidente.

8. Santa Josefina Bakhita, virgem (†1947). Nasceu no Sudão, por volta de 1870. Aos nove anos foi raptada e vendida como escrava a um cônsul italiano. Na nova nação aprendeu o catecismo e alcançou a liberdade, ingressando no Instituto das Irmãs Canossianas.

Santo Estêvão, abade (†1124). Fundador da Ordem de Grandmont, França.

9. Beato Leopoldo de Alpandeire,  religioso (†1956).

Santa Apolônia, virgem (†249). Em sua longa e virtuosa existência, foi martirizada junto com outros Santos de Alexandria. Antes de consumar-se o martírio teve seus dentes arrancados, sendo por isso considerada a padroeira dos dentistas.

10. Santa Escolástica, virgem (†c. 547). Irmão do grande Patriarca São Bento. Sob a direção do irmão, fundou e governou a numerosa comunidade de irmãs próxima ao Monte Cassino.

Beata Eusébia Palomino Yenes,  virgem (†1935). Trabalhou em diversas casas de família até se tornar religiosa salesiana, onde deu testemunho de humildade, em Valverde del Camino, Espanha.

11. Nossa Senhora de Lourdes.  Neste dia a Igreja comemora as diversas aparições de Nossa Senhora a Santa Bernadette Soubirous. Nossa Senhora mesma veio chancelar o pronunciamento feito, alguns anos antes, por Pio IX, sobre a sua isenção da culpa original, quando afirmou à humilde menina: “Eu sou a Imaculada Conceição”.

São Bento de Aniane, abade (†821).

12. Beato Nicolau dos Lombardos,  religioso (†709). Foi recebido na Ordem dos Mínimos, mas devido à sua pouca ciência não pode ser ordenado sacerdote.

13. VI Domingo do Tempo Comum

Beata Cristina de Espoleto, virgem (†1458).

Roger de Gaignières (CC3.0)
Beata Isabel de França

14. São Cirilo, monge (†869) e São Metódio, bispo (†885). Compatronos da Europa.

Beato Vicente Vilar David, mártir (†1937). Durante a perseguição religiosa, acolheu sacerdotes e religiosas em sua casa e por recusar-se a renegar a Fé, foi fuzilado em Valência, Espanha.

15. São Cláudio de La Colombière,  presbítero (†1682). Sacerdote jesuíta, superior do Colégio de Paray-le-Monial, França que, com seus retos conselhos, ajudou por um tempo a Santa Margarida Maria Alacoque.

São Faustino e Jovita, mártires (†120). Faustino era sacerdote, Jovita, seu irmão, diácono. Ambos morreram na perseguição empreendida pelo imperador Adriano.

16. Santo Onésimo, bispo, mártir (†95). Escravo de um cristão chamado Filêmon. Esteve com São Paulo na prisão em Roma, tendo aí se convertido e abraçado a fé.

São Maruta, bispo (†a. 420).

17. Sete Santos Fundadores dos Servitas (†1310).

18. Beato João de Fiesole, presbítero (†1455). Religioso dominicano, conhecido como Fra Angélico.

São Simeão de Jerusalém, bispo (†108). Filho de Cléofas, foi condenado à Cruz no tempo de Trajano, aos 120 anos de idade. Governou a Igreja de Jerusalém por cerca de quarenta e três anos.

19. São Quodvultdeus, bispo (†444). Bispo de Cartago no século V, foi perseguido por Genserico, rei dos vândalos e ariano de religião. Sobreviveu milagrosamente a um tramando naufrágio. Julga-se que morreu em Nápoles.

Beato José Zaplata, religioso e mártir (†1945). Religioso da Congregação do Sagrado Coração de Jesus, deportado da Polônia para o campo de concentração de Dachau, Alemanha, onde morreu vítima dos maus tratos.

20. VII Domingo do Tempo Comum

Beata Amada, religiosa (†c. 1252). Sobrinha de Santa Clara de Assis. Converteu-se ao visitar a tia no convento, deixando imediatamente todos seus hábitos mundanos.

21. São Germano, abade (†c. 667).

Beata Maria Henriquieta Dominici, religiosa (†1894). Foi Superiora das Irmãs de Santa Ana e da Providência durante trinta e três anos.

Flávio Lourenço
Santa Ana, profetisa

22. Festa da Cátedra de São Pedro Apóstolo.

Beata Isabel de França, religiosa (†1270). Irmã mais nova de São Luís. Fundou a Abadia de Longchamp. Quando pretenderam casá-la, dirigiu-se a Urbano IV dizendo: “Prefiro ocupar a última fileira das virgens do Senhor a ser a primeira imperatriz do mundo”.

23. São Policarpo, bispo e mártir (†c. 155).

Beata Rafaela Ibarra de Vilallonga,  fundadora (†1900). Mãe de sete filhos, que com o assentimento do esposo, emitiu os votos religiosos e fundou o Instituto das irmãs dos Anjos da Guarda, em Bilbao, Espanha.

24. São Vartã, romano, e companheiros, mártires (†s. I). Em missão diplomática na Armênia, foi convertido pelo apóstolo São Judas juntamente com seus quatro companheiros. Resolveu viver os conselhos evangélicos junto à nascente do Rio Eufrates. Anos mais tarde foram todos martirizados pelos filhos do rei Sanadruk.

Beata Josefa Naval Girbés, virgem (†1510). Consagrada a Deus no mundo, dedicou-se em Algemesí, Espanha, à catequese das crianças.

25. Beato Ciríaco María Sancha y Hervás, bispo (†1909). Bispo de Toledo e Valência, Patriarca das Índias e fundador da Congregação das Irmãs da Caridade do Cardeal Sancha, em Toledo, Espanha.

Beato Sebastião Aparício, religioso (†c. 1600). Espanhol da Galícia, fez-se franciscano aos 72 anos de idade. Morreu na cidade mexicana de Puebla de los Angeles.

26. Santa Paula de São José Calasanz, virgem (†1889). Fundadora do Instituto das Filhas de Maria das Escolas Pias, em Barcelona, Espanha. Tinha como lema: Piedade e letras.

27. VIII Domingo do Tempo Comum

São Gabriel das Dores, religioso (†1862). Nasceu em Assis e fez-se religioso Passionista em Morrovalle de Ancona. Em pouco tempo alcançou um elevado grau de santidade, morrendo ainda jovem, aos 24 anos de idade.

28. São Romão, abade (†463). Seguindo o exemplo dos antigos anacoretas, foi viver como eremita na região do Jura, França, e depois se tornou pai espiritual de muitos monges.

Artigo anterior

Artigos populares